Siga nossas redes

      
selo_final_Prancheta 4.png


prisco.png
Jornalista de Política.

ARTIGO

Octógono

É no mínimo curioso o cenário sucessório estadual neste momento. Senão, vejamos. Lá na esquerda, está o PT. A sigla de Lula da Silva e companhia tem duas alternativas para a cabeça de chapa. O deputado Décio Lima e o desembargador aposentado Lédio Rosa de Andrade. 

Na outra extremidade, situa-se o MDB. Curiosamente, também com dois nomes. Eduardo Pinho Moreira, que pode tentar a reeleição; e o deputado Mauro Mariani.

O PSDB, que por ora ainda não se definiu para onde pode seguir em termos de composição, sendo que avalia a possibilidade de chapa pura, possui, vejam só, dois nomes colocados. O do senador Paulo Bauer e o do ex-prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes. Por fim, na aliança pré-estabelecida entre PSD e PP, há igualmente, dois nomes. O de Gelson Merisio pelos pessedistas e o de Esperidião Amin pelo Progressistas.

A esta altura do campeonato, destes oito líderes, quatro são os que teriam a preferência. Paulo Bauer, Eduardo Pinho Moreira, Décio Lima e Gelson Merisio. Evidentemente que tudo dependerá do andar da carruagem e das questões nacionais, tanto de alianças como na seara das investigações acerca de supostos malfeitos.

Undécima hora

Nas hostes do MDB, é voz-corrente que Eduardo Moreira deseja definir ainda em maio oquem será o nome da sigla para a disputa ao governo. Se ele próprio ou se a missão caberá a Mauro Mariani. Tanto no MDB como nas demais legendas, contudo, é muito pouco provável que ocorra qualquer situação definitiva, em termos de nomes, antes do prazo fatal das convenções homologatórias.

DEM também

O diretório estadual do DEM entrou em contato com o colunista. Reafirma que o deputado federal João Paulo Kleinüning estará no páreo sucessório na condição de candidato a governador. "Nosso pré-candidato, hoje deputado João Paulo Kleinubing não é apenas um nome de consenso dentro do partido, mas também uma figura estadualizada, que aparece bem posicionado em todas as pesquisas internas," diz um trecho do texto.

Presidenciáveis em SC

Os pré-candidatos à Presidência da República, Geraldo Alckmin (PSDB), João Amoêdo (NOVO) e Aldo Rebelo (Solidariedade) são os primeiros nomes a confirmar presença no Congresso de Prefeitos, promovido pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam), de 11 a 14 de junho, no Centrosul em Florianópolis. A conversa com os presidenciáveis iniciará às 9h30.

Propostas municipalistas

O objetivo da presença dos presidenciáveis no evento da Fecam, segundo o presidente da Instituição e prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, é conhecer qual é a solução que os pré-candidatos à Presidência tem para os assuntos que envolvem Pacto Federativo e as reformas tributárias; investimentos em infraestrutura, tecnologia e inovação; ampliação e manutenção dos serviços nas áreas de saúde e educação.

FRASE

"Não se pode acreditar que é possível ser feliz procurando a infelicidade alheia." Sêneca.

Dobradinha no Sul

Durante a reunião do diretório do Partido Progressista de Araranguá, neste fim de semana, o prefeito Mariano Mazzuco e os vereadores Jacinto Dassoler, Daniel Viriato, Marcio Scarsanella e Cristiano Costa, e o presidente do SAMAE, José Hilson Sasso, declararam aos presentes o apoio à reeleição dos deputados Jorge Beira (federal) e Zé Milton (estadual). Para as lideranças, os parlamentares trabalham de forma transparente e com resultado para o município. Os dois têm base no Sul do Estado.



EDITORIAS

Rua Duque de Caxias, 1302, Centro. São Miguel do Oeste – SC. CEP: 89900-000 Telefone: (49) 3621-1244

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina