Siga nossas redes

      
selo_final_Prancheta 4.png


ESTADUAL

Chapecoense é vice-campeã no Catarinense

Foto: Márcio Cunha/ACF

A Chapecoense entrou em campo na tarde deste domingo, dia 21, na Ressacada, para a decisão do título do Campeonato Catarinense. Contra o Avaí, a Chape fez uma partida consistente e bastante equilibrada, abriu o placar na etapa inicial, com um golaço de Régis, mas acabou sofrendo o empate. Com a igualdade, a final do estadual foi para os pênaltis e, após decisão contestável da arbitragem, o Avaí foi dado como campeão.

A partida

Mesmo jogando fora de casa, a Chapecoense fez um primeiro tempo de superioridade em relação ao Avaí. Além da marcação bem postada, a equipe alviverde criou as melhores oportunidades no ataque, principalmente pela ala direita do campo. A pressão surtiu efeito e, aos 41, Régis recebeu na intermediária, olhou pra meta adversária e soltou uma bomba, de canhota, na gaveta, sem chances para o goleiro adversário.

Precisando marcar para seguir vivo na decisão, o Avaí voltou mais ofensivo para a etapa complementar. A Chape, por sua vez, procurava conter as tentativas do adversário, mas aos 30 acabou sofrendo o empate, com gol marcado por Alex Silva. Na sequência da partida, Tiepo se mostrou decisivo e fez grande defesa aos 44, em finalização de Getúlio, evitando a virada do Avaí. Com o empate, a decisão foi para os pênaltis. 

Nas cobranças - que tiveram um desfecho bastante duvidoso - a equipe alviverde acabou superada. 

Palavra do comandante:

Na coletiva de imprensa após a partida, o técnico Ney Franco falou sobre o desempenho das equipes e sobre a atuação da arbitragem. "Foi um jogo muito equilibrado, muito disputado dentro de campo. No primeiro tempo tivemos a capacidade de abrir o placar, ir pro intervalo com a vantagem. (...) Agora, eu acho que esse jogo não teve VAR. Eu acho que não tinha cabine. Acho que só montaram os aparatos, mas foi um jogo que não teve VAR. No primeiro tempo teve uma entrada criminosa do João Paulo no Eli que passou batido. Lance pra cartão vermelho (...). E eu confesso que o pênalti, que a bola entrou. Isso é unanimidade. O juiz botou a mão no apito, mas aí aconteceram as gravidades de torcida invadir o campo? E aí o juiz não foi lá verificar o vídeo" disse.

Próximo Compromisso:

  A Chapecoense volta a campo na próxima quarta-feira (24), em São Paulo, para a partida de volta da quarta fase da Copa do Brasil. O jogo contra o Corinthians acontece às 21h30.



Fonte Chapecoense

selo_final_Prancheta 26.png
Mais lidas do dia


EDITORIAS

Rua Duque de Caxias, 1302, Centro. São Miguel do Oeste – SC. CEP: 89900-000 Telefone: (49) 3621-1244

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina