SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

Fortes chuvas causam alagamentos e estragos na capital

11 Janeiro 2018 00:00:00

A previsão é de chuva persistente no litoral catarinense, especialmente entre Florianópolis e Laguna, até sexta-feira

Foto: Divulgação

As fortes chuvas que atingem a região da Grande Florianópolis desde o início da semana vem provocando estragos e causando a interdição de vias. As equipes municipais da Defesa Civil realizam o levantamento de dados nesta quinta-feira, dia 11. Também as equipes de emergência ficaram de prontidão durante a noite desta quarta-feira, (10), para atender a população, caso fosse necessário. Ainda durante a noite, a Defesa Civil de Santa Catarina emitiu um alerta direcionado ao litoral catarinense alertando sobre o risco de alagamento e deslizamento.

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, decretou situação de emergência no município. Há registro de queda da ponte da Estrada Intendente Antônio Damasco, no bairro Ratones. Sem vítimas. Caminhões, retroescavadeiras e hidrojatos estão sendo usados para minimizar alagamentos, priorizando as principais rodovias. Nas próximas horas, a expectativa é de que diminua o volume de chuva. Conforme a estação meteorológica da Epagri/Ciram e Cemaden, nas últimas 48 horas choveu 400 mm no norte da Ilha, em Florianópolis. Foi o maior volume de chuva registrado no Estado.

Conforme informações da assessoria da prefeitura, a maior preocupação nesse momento é com os deslizamentos, devido ao solo extremamente molhado. O pedido é que a população fique atenta a qualquer movimentação de terra. Os coordenadores regionais da Defesa Civil SC auxiliam as equipes municipais e orientam sobre os procedimentos. Abrigos junto a Passarela Nego Quirido e também na Escola Dionícia Maria da Costa, no Saco Grande, estão abertos para quem precisar. Ainda não há ninguém.


Rodovias


As rodovias estaduais SC 401, SC 405 e SC 404, nos trechos que passam pela capital, seguem com pontos de alagamento e o tráfego deve ser evitado nesses locais.

A Base Aérea sentido Centro foi liberada às 6h30 da manhã e o transporte coletivo na região sul da Ilha está com algumas linhas prejudicadas. Há registro de deslizamentos na rodovia estadual que liga Barra da Lagoa e Praia Mole. Equipes trabalham desde a madrugada no local fazendo retirada de terra e árvores. Na SC 401, próximo ao SOS Cárdio, equipes da prefeitura também trabalham na retirada de terra que deslizou para a pista. 

A prefeitura da capital reforça o pedido para que as pessoas evitem sair de casa, a não ser em caso de emergência. O trânsito acaba dificultando o deslocamento dos veículos de emergência.


PREVISÃO

A previsão é de chuva persistente no litoral catarinense, especialmente entre Florianópolis e Laguna, até sexta-feira, dia 12. No sábado e domingo a previsão indica sol. Toda essa chuva é favorecida pela evaporação do mar, que está aquecido, e os elevados índices de umidade do mar que são transportados para as cidades litorâneas



edicaoDigital.fw.png
colunista.fw.png
Reginaldo Santos

10 Julho 2017 16:15:00
pri.fw.png

Sandra Caron Rossini.jpg

Maciel Colli.jpg

Roberta Bonet.jpg

09 Outubro 2017 08:50:20
Antônio Gavazzoni
SOSDesaparecidos.fw.png

EDITORIAS

Rua Duque de Caxias, 1302, Centro. São Miguel do Oeste – SC. CEP: 89900-000 Telefone: (49) 3621-1244

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina